Como construir uma casa que aumenta a auto-estima

Dizem que a caridade começa em casa, mas também uma série de outras qualidades: compaixão, cavalheirismo e, mais importante, confiança. Entre os valentões e a mídia excessivamente crítica, as crianças parecem ter uma auto-estima mais baixa do que nunca. E enquanto não podemos controlar o que acontece na escola ou o que está escrito nas revistas (embora desejamos que pudéssemos), temos controle sobre um aspecto da vida de nossos filhos: a casa deles. Ao fazer algumas mudanças, você pode criar um espaço seguro que estimule a autoestima de seus filhos e (esperançosamente) os ensine a ajudar outras pessoas que possam estar um pouco para baixo em si mesmas.

 

Dar muito louvor

Dar muito louvor

Mas não muito! Enquanto a crítica constante faz seu filho duvidar de suas habilidades, uma abundância de elogios pode inflar seu ego e levá-lo a derrubar os outros. Elogie-o por um trabalho bem feito (ou apenas porque) e não tenha medo de dar um feedback construtivo quando ele precisar.

 

Mostre-lhes o afeto

Mostre-lhes o afeto

Você ficaria surpreso com o que um abraço e um “eu te amo” podem fazer pela confiança de uma criança. Isso não apenas o lembra de que você se importa, mas também o deixa confortável em expressar emoções, facilitando o trabalho com problemas futuros.

 

Banir negatividade

Banir negatividade

Nós sabemos – é mais fácil dizer do que fazer. E também não é completamente realista. Todos nós nos abaixamos às vezes, e é difícil manter esses pensamentos quietos, então comece pequeno proibindo palavras que seu filho diga mais (como estúpido, gordo ou feio). Claro, ela ainda pode ouvir essas palavras na escola ou nas ruas, mas ao bani-las da casa, você cria um ambiente que é seguro quando ela se sente para baixo.

.

Seja um bom modelo

Seja um bom modelo

Como diz o ditado, você precisa praticar o que você prega. Se você se considera estúpido ou evita desafios, então seu filho provavelmente fará o mesmo. Veja isso como uma oportunidade não apenas de construir a confiança de seu filho, mas também de impulsionar sua própria confianças

 

Passar tempo juntos

Passar tempo juntos

Entendemos que todos os pais precisam de algum tempo sozinhos, mas levar muito tempo para si mesmo pode fazer com que seus filhos sintam que você não se importa com eles. Então desligue seu telefone e passe algum tempo juntos. Ao se envolver com eles – seja em uma viagem ao parque ou conversando na mesa de jantar – você faz com que seus filhos se sintam importantes, o que, por sua vez, aumenta sua autoestima.

GOSTOU? VOCÊ SABIA TEM MUITO MAIS…